Archlink.com.br – Juliano Libman

http://www.archlink.com.br

QUEM SOMOS

Jovens arquitetos e estudantes, apaixonados por todas as artes. Por tudo que envolve, funde e influencia as metrópoles. Sentimos a necessidade de achar um link que conectasse todos os jovens do mundo, à profissionais de referência em suas áreas, para então conhecer melhor seus projetos, idéias e criações.

Temos vontade de conhecer a fundo os artistas e suas obras, tanto de arquitetura e urbanismo,  quanto de outras artes, como por exemplo, fotografia, graffiti e cinema. E para isso, queremos utilizar como ponto de partida links ligados a arquitetura, o assunto de nosso maior interesse.

POR QUÊ?

Temos observado como a tecnologia e as novas formas de comunicação podem facilitar e encurtar as distâncias. Pensamos entao como poderiamos aproveitar estas transformações para aproximar as pessoas e idéias no mundo da arquitetura, urbanismo e das artes e tamb’em, como aumentar a interação e troca de conhecimentos entre aqueles que pensam e produzem as metrópoles.

O site surgiu com o objetivo de tornar pessoas mais próximas de projetos, pensamentos e idéias, que giram entorno da arquitetura, urbanismo, design e artes assim como outras formas de expressão. O site possibilita, através da interação democrática que apenas a Internet pode possibilitar, criar um link, uma ponte, entre pessoas e idéias.

COMO FUNCIONA

Através desse site, pessoas podem fazer perguntas e questionar arquitetos, designers e artistas tendo a chance de conhecer suas idéias, esclarecer pensamentos e comunicar-se com eles, algo que talvez nunca teriam a oportunidade de fazer.

O site divulga qual será o próximo entrevistado e os usuários podem enviar perguntas para este ilustre convidado.

Com este formato estabelecido, de um link de interação, os arquitetos e outros artistas convidados também poderão fazer perguntas a outros artistas sobre suas idéias, projetos e pensamentos. Desta forma, sera gerado um canal de debates e idéias, entre os proprios entrevistados e os leitores tendo a participação e interação de todos.

PARA QUÊ?

Queremos que pessoas tenham a oportunidade de fazer um pergunta que sempre quiseram fazer, por exemplo, à Rem Koolhaas. Queremos poder ver, o que Rem Koolhaas, perguntaria para Daniel Libeskind e por sequente, sua resposta. Queremos que as pessoas tenham oportunidade de ouvir Walter Salles dizer qual a influência da sua formação em arquitetura para suas criações no cinema, ou o que o Marcio Kogan diria sobre a influência do cinema na sua arquitetura. Fazer ainda com que as pessoas interajam com estes e façam suas próprias perguntas. Tudo isso sem necessitar da existência de um evento que consiga reunir Libeskind e Koolhaas, ou Marcio Kogan e Walter Salles e um jovem arquiteto e estudante comum no mesmo lugar.

O site se torna uma ponte entre pessoas e idéias. E assim gerar uma troca de informação e conhecimento.
O SITE

O site abre/carrega com diversar palavras que resumem um pouco os assuntos abordados. Os quatro temas destacados são : Arquitetura | Design | Artes |Urbanismo

Layout simples para valorizar e destacar os videos

As entrevistas podem ser organizadas de diversas maneiras para facilitar o leitor, as opções são : Cidades | Cronológico | Assunto | Entrevistado | Perguntas | Temas

Clicando em uma barra lateral é possível acessar uma espécie de “Blog” dividido por quatro categorias:

Travel Tips- Onde são apresentadas dicas de viagem para interessados em arquitetura. Como projetos importantes de 30 diferentes cidades, museus, galerias de artes entre outros.

Inspiration- Dividido em projetos de arquitetura, artes e design.

Agenda- Onde estão organizadas por forma cronológica, palestras, exposições, competições e eventos dos mais diversos tipos de artes.
Links- Dividido em Sites, livros e publicações sobre artes, arquitetura, urbanismo, design entre outros assuntos.

Da mesma forma que as entrevistas, esta parte é interativa e propõem que os leitores deem dicas de livros, projetos e etc.

Podemos observar a facilidade de navegação e compreendimento do site nesta tela do “Blog”. Clicando em um dos temas, apenas os projetos relacionados ficam em destaque.

Este é um exemplo de “Travel Tip” do Roteiro Aquitetônico de Hong Kong. São apresentadas imagens do projeto, mapa de localização e um texto explicativo.

 

ENTREVISTAS

Entrevista com o Urbanista Carlos Leite, autor do Livro “Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes”. Entre as temáticas apresentadas esta a seguinte questão: “O que seria mais sustentável, refazer os imensos territórios centrais rarefeitos com os paradigmas contemporâneos ou deixar as cidades crescerem de modo difuso com áreas poucos urbanizadas no modelo de ‘Spraw’ americano? Carlos argumenta na entrevista que o desenvolvimento urbano sustentável deve seguir a primeira opção, refazendo a cidade, reinventando-a, de modo inteligente.

Apoveitando o local da entrevista, a cobertura do Edificio Zarzur, localizado no centro da cidade de São Paulo, Carlos aponta possíveis mudanças na cidade inspirado nos modelos de cidades como Nova York, mas lembrando que a metrópole Paulistana nunca se tornará igual a esta.

Carlos Leite apresenta argumentos e teorias de autores como Jane Jacobs, jornalista canadense que estudou os cotidianos de grandes cidades americanas procurando as razões da violência, sujeira e abandono das cidades e como contraponto a boa manutenção e segurança de algumas cidades que os planejadores previam em seus modelos urbanos ideais.

Entrevista com o arquiteto norte-americano Thom Mayne, fundador do escritório Morphosis. Vencedor do Prêmio Pritzker em 2005, Thom Mayne fala sobre as Metrópoles contemporâneas que são maiores que alguns países. Ele comenta que devemos repensar a organização destas enormes comunidades, com novas soluções em termos ecológicos. O planejamento, segundo Mayne, deve incluir pensamentos radicalmente diferentes em relação a como vivemos, trabalhamos e nos transportamos. O carro, por exemplo será uma solução ultrapassada.

Entrevista com a Arquiteta e Urbanista Renata Semin, do escritório Paulista Piratininga Arquitetos. Nesta conversa ela apresenta o projeto dos conjuntos habitacionais de Heliópolis, explicando o projeto arquitetônico e como os moradores reagiram com a mudança de forma de habitação.  A arquiteta comenta também a relação com a prefeitura e com os financiadores do projeto.

Entrevista com o Urbanista Gareth Doherty, professor da Universidade de Harvard e autor do livro Ecological Urbanism. Na entrevista Gareth explica que a solução para as cidades contemporâneas é a mudança da forma de pensar, e que não devemos ver o ambiente apenas como espaços verdes, mas enxergar os problemas sociais, artísticos e estéticos.

Gareth explica também que embora as tecnologias de mudança de clima e arquitetura sustentável tornam-se cada vez mais um assunto atual, muitas questões que envolvem sustentabilidade ainda não estão muito desenvolvidas. Segundo o urbanista, a abordagem ecológica como método criativo e prático  é urgente para o desenvolvimento de novas cidades e das ja existentes.

Entrevista com o Urbanista Rogier van der Berg, professor da Universidade de Rotterdam. Ele comenta possíveis soluções para habitação social, onde hoje existem as favelas paulistanas. Rogier comenta entre outros temas que depois da Segunda Guerra Mundial a Europa verticalizou suas construções e hoje, cinquenta anos depois, começaram a ficar aparentes os problemas de verticalizacao e tambem os problemas sociais.

Entrevista com uma moradora de Heliópolis feita em uma visita para a gravação de um vídeo sobre a comunidade e os novos projetos arquitetônicos na região. Nesta conversa fica explicita a precariedade das habitações. A entrevistada mostra as preocupações com doenças, falta de segurança e  planejamento dos locais, e a dúvida de nao saber até quando os moradores irao ficar nestas condições devido a promessas de políticos. Para fazer esta entrevista foi necessário entrar em um caminho escuro, muito úmido com piso de barro onde barracos são empilhados sem estrutura e segurança. Os moradores ficam expostos a doenças pela presença de mosquitos, falta de saneamento básico e água tratada, vivendo em condições desumanas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s